Este é um blog de arquivo

ESTE BLOG É UM ARQUIVO DE POESIAS DO BLOG CARLOS ESPÍRITA - Visite: http://carlosespirita.blogspot.com/ Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.



domingo, 16 de dezembro de 2012


SEAREIRO

Difícil é a vida do seareiro...

Aquele, que vive para trabalhar.

E que aproveita o seu dia inteiro,

Que em muitas atividades sabe ousar.


Atividades do corpo e da alma,

Para seu ciclo bem aproveitar

E assim, poder ter uma vida calma

Podendo das coisas do Pai se inteirar.


Interação que é uma necessidade

Para a conquista de um viver pleno,

Um viver cheio de felicidade,

Com um dia belo, puro e ameno.


E este de todos é o grande desejo,

De alcançar a grande magia,

O de ter enquanto viver o ensejo

De só se conviver com a alegria.

Autor: Osmar

sábado, 1 de dezembro de 2012


CAMINHO DA LUZ


Além do mundo amargo e miserando

Há na morte um caminho florescente,

Onde a alegria mora eternamente

Entre flores e pássaros cantando.


Estrada de ouro e luz ignescente,

Onde passam espíritos em bando,

Suaves corações glorificando

Os triunfos da lágrima pungente.


Nesse caminho, as almas vencedoras,

Guardam consigo as joias da ventura,

Sem que os séculos possam desfazê-las.


Esplendores de sóis, clarões de auroras,

Flores de amor e paz risonha e pura,

Há nessa estrada fúlgida de estrelas!...

Livro: Lira Imortal- Médium: Chico Xavier – Espírito: Olavo Bilac.

sábado, 24 de novembro de 2012


Além das Estrelas

Voe comigo para além das estrelas!... Muito além das fronteiras da imaginação, De onde, somente os que amam podem vê-las, E ouvi-las dentro do seu próprio coração.

Voe comigo ao mais alto das alturas! Onde o tempo e o espaço se confundem, Onde passado e futuro não existem, E no presente, o ontem e o amanhã se fundem.

Venha comigo para onde não há tempo E bem diverso é o conceito de espaço, Onde passado e futuro são lembranças, Sendo, o amor, o único e eterno laço.

Sonhemos juntos na infinita imensidão, Deixando a Terra na distância se perder. Quanto mais rápido no espaço nos movermos, Descobriremos que sempre há muito... Muito mais para se ver.

A imensidão já nos rodeia e inebria, Sóis rutilantes em galáxias-continentes, Tais joias raras em escrínios luminosos, E tão sublimes, pois de Deus são os presentes.

Mas... Para além da imensidão... Ainda há espaço, e o tempo... Ah!... O tempo é diferente. Nossos conceitos não podem avaliar, Sem que o conceito embaralhe nossa mente.

Voe comigo para muito além dos astros, Lá apenas o amor pode ser lei, Onde mais nada contraria a natureza, E onde agora, em pleno amor, eu me encontrei.

Deixe fluir esta energia sideral Que tanto cria o verme, a estrela, a flor e a luz. Sinta e assimile o clima puro do universo. Que vem do céu, a alma envolve e a Deus conduz!

Voemos juntos para o éden da poesia, Que tanto encanta ao pio, quanto ao ateu. São as moradas de que nos falou o Mestre E que em poesia a nossa rima converteu.

Continuemos, sempre e sempre, mais além, Buscando algures os portais da eternidade. Almas libertas, sem tristeza, sem mais pranto, Levando apenas leve toque de saudade.

Venha comigo para além das estrelas, Não há fronteiras e nem há imaginação, Pois é a verdade e só quem ama pode vê-las E ouvi-las sempre, dentro do seu coração!

Médium: Maria José Mondin Moreira – Espírito: Giovani.

sábado, 27 de outubro de 2012


Como Estarei?

Como estarei Ao voltar ao "lar", Terei crescido E aprendido a amar?

Como verei O efeito, então, Da trajetória Desta encarnação?

As provas são de muito rigor Mas sempre tive a meu favor O apoio certo de um protetor Me dando sempre amparo Me envolvendo em muito amor!

Autor: Maria Helena

sábado, 6 de outubro de 2012


E O TEMPO NÃO PÁRA...

E o tempo não pára, não pára, Não pára não... Disse o nosso amigo cazuza. É a “roda” do aperfeiçoamento Que nos conduz á ternura.

Ajustes aqui, desajustes ali, Altos e baixos da vida. Mecanismos do existir Que não podemos fugir.

Somos Espíritos milenares Que voltamos para progredir Mas a falta de consciência Parece nos destruir.

Ledo engano, pura enganação. E o tempo não pára não E com certeza está bem mais próximo O mundo de regeneração.

Quem quiser ver verá E estará por aqui Mas quem quiser não ver, não verá E custará a progredir.

A vida se apresenta de várias formas Disso não se pode enganar Vira um céu ou um inferno Depende de como você quer encarar.

Por isso irmão não fiques nas trevas Por favor não te corrompas Desta vida só se leva Aquilo que não se compra.

E para finalizar e refletir de verdade O tempo é amigo do homem E a vida sua companheira Se o mundo o decepcionou, Não se desespere Busque Jesus e jamais o esqueça...

Reynollds Augusto

sábado, 29 de setembro de 2012


OS REVEZES DA VIDA

O rico passa pela calçada, onde o mendigo com fome e doente lhe pede uma esmola Este porém, lhe cospe e o insulta dizendo, afasta-te e não me amola

Muitos anos se passaram, e com os negócios ruins, o rico fora a falência, e sendo desprezado por todos de sua antiga roda, o novo mendigo quase chegára a demência

Se valendo dos revezes da vida onde a vida é uma escola o primeiro mendigo, acolhido por um benfeitor a uma vida digna retorna.

Voltando ao seio de sua verdadeira família de onde se afastara ainda criança, descobriu-se rico, pois era detentor de uma enorme herança

Lembrou-se de sua infância dos sofrimentos vividos mais também não olvidou, das ajudas que havia recebido decidiu então, também socorrer aos mendigos

E passando pela mesma calçada, onde muitas vezes dormiu, era ele quem socorria agora um homem que sentia fome e frio

Sem ao menos desconfiar que prestava aquela caridade a um homem que já fora rico orgulhoso e cheio de vaidade

Onde anos atrás naquele mesmo lugar, fora ele que lhe insultara dizendo-lhe para não perturbar.

Autor: João Prezado.

sábado, 15 de setembro de 2012

Mutilações e Juventude

Nunca renegues a tua própria vida
Porque vens de vivência decaída
Dos tempos distanciados do Senhor.
As marcas que hoje trazes na carcaça
São fruto do tormento que não passa
De quando desdenhaste a lei do amor.

Mutilações, deficiências, lesões
Ainda a incidência das obsessões
São as respostas da lei de justiça.
Tiveste complicadas atitudes
Zombaste da beleza das virtudes
E não tiveste o bem como premissa.

Escuta o ensinamento de Jesus
Que ensejos novos a tua vida aduz
A cada ser conforme as próprias obras.
Não te rebeles nem te desmereças
Pela agonia que agora padeças
Por conta das tuas antigas manobras.

Jamais te apóies sobre o pessimismo
Crendo que a dor tenha continuísmo
Ou que um porvir mais agro se anuncia.
Confia em Deus e crê que o teu futuro
Trar-te-á beleza em tempo mais seguro
Se te empenhas no bem, dia por dia.

A juventude que hoje em ti enflora
É luz solar, não sombra que apavora
É ensejo p’ra que alcances lucidez.
Vibra e estuda feliz, pratica esporte
Para que o bem te aponte um novo norte
E te vejas liberto de uma vez.

Essas marcas que carregas na vida
São resíduos da pauta descabida
Que vivestes em outras encarnações.
Hoje, não mais conduta reprochável
Hoje em ti vibra o coração amável
Superadas velhas expiações

Pelo espírito: Ivan de Albuquerque

sábado, 1 de setembro de 2012

CARTA A UMA AMIGA

QUANDO A VIDA PASSA BELA E
IMPÁVIDA TORNA A ALMA ÁVIDA
DE LUZ E ESPLENDOR
PORÉM, SE É ESCASSA A BELEZA
DE TAL VIDA,
A DEMORA É MAIS SOFRIDA.
NÃO HÁ VIDA SEM AMOR.

A FORÇA, COM O TEMPO, SE ESVAI...
A FLOR DA VIDA, MURCHA E
PERDE O PERFUME
A LUZ DA ALMA, PORÉM, SE
SOBRESSAI...SE ELEVA E
AUMENTA O SEU LUME .

QUE A SUA LUZ, MINHA AMIGA,
NÃO SE APAGUE
E NÃO ACABE O SEU BRILHO,
O SEU VIGOR. NÃO SE ORGULHE,
NÃO DESFAÇA, NÃO SE GABE
POIS NÃO SE SABE ATÉ ONDE
VAI O AMOR.

SE PORVENTURA, A MÁGOA
LHE ENTORPECE
ORE E SE APRESSE EM ESQUECER
O SEU RANCOR
E EM SUA PRECE MOSTRE QUE JÁ RECONHECE QUE QUEM PERDÔA,
JÁ CONHECE O AMOR.

Poesia inspirada a Roberto Ferreira, do Grupo Vocal União & Harmonia.

sábado, 25 de agosto de 2012

Ninguém Se Perderá

Quando estou envolto em pensamentos edificantes
posso sentir a cada instante
minha vida melhorar.
Não me refiro ao aspecto financeiro
pois nem todo dinheiro
pode a paz de Espírito comprar.

Sei que todas mortificações pelas quais
passo, são merecidas
Tendo em vista que manchei minha
estrada, na ânsia da subida,
provocando a desdita de muitos
companheiros de jornada.

Hoje, respaldado nas luzes espargidas
do Evangelho de Jesus,
sigo firme carregando minha cruz
para redenção de minha alma,
que por muito tempo caminha por este
mundo de trevas e sombras,
completamente equivocada.

Neste momento, ás lágrimas que
derramo lavam-me a alma, e dão-me a
certeza do cumprimento da promessa
do Mestre Jesus, de que nenhuma de
Suas ovelhas se perderá.

Autor: João Prezado


sábado, 18 de agosto de 2012

Viva a Vida

A vida é uma oportunidade, aproveite-a...

A vida é beleza, admire-a...

A vida é felicidade, deguste-a...

A vida é um sonho, torne-o realidade...

A vida é um desafio, enfrente-o...

A vida é um dever, cumpra-o...

A vida é um jogo, jogue-o...

A vida é preciosa, cuide dela...

A vida é uma riqueza, conserve-a...

A vida é amor, goze-o...

A vida é um mistério, descubra-o...

A vida é promessa, cumpra-a...

A vida é tristeza, supere-a...

A vida é um hino, cante-o...

A vida é uma luta, aceite-a...

A vida é aventura, arrisque-a...

A vida é alegria, mereça-a...

A vida é vida, defenda-a...

Madre Teresa de Calcutá

sábado, 11 de agosto de 2012

Somos Poema de Deus

Fazia eu ao Senhor
A minha oração
Deus, por seu anjo pediu-me
Um poema sobre as Belezas
De toda a Criação

Quando escrevi falando do Sol,
Senti Suas mãos me aquecendo
Ao falar da lua
Senti Sua ternura me envolvendo

Falando eu dos animais
Sentia-O me embalar como a uma criança
Falando das árvores e das flores,
Senti Seu sopro de esperança

Falando das águas,
Senti Seu mergulho em mim
Com Seu mistério a me proteger
Falando do céu
Senti Seu azul a me acolher

Falando do fogo
Senti Sua chama purificando-me o ser
Falando do ar
Senti Seu sopro divino a renovar meu viver

Terminado o breve poema
Apresentei-Lhe tudo quanto escrevi
Ouvi-o então dizendo:
"Prossegue, tu não falaste de ti"

Autora: Pando
Fonte da imagem: Internet Google.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Amanhecer

Quero nascer de novo em cada dia que nasce.

Quero ser outra vez novo, puro, cristalino.

Quero lavar-me, cada manhã, do homem velho, da poeira velha, das palavras gastas, dos gestos rituais.

Quero reviver a primeira manhã da criação, o primeiro abrir dos olhos para a vida.

Quero que cada manhã, a alma desabroche do sono como a rosa do botão, e surja como a aurora do oceano, ao sorriso dos teus lábios, ao gesto de tua mão.

Quero me engrinaldar para a festa renovada com que cada dia nos convida e desdobrar as asas como a águia em demanda do sol.

Quero crer, a cada nova aurora, que esta é a definitiva, a do encontro com a felicidade, a da permanência assegurada, a de teu sim definitivo.

Chico Xavier

sábado, 16 de junho de 2012

O Melhor do Melhor

O que fazer de melhor
Em meio de tantas crises?
Eis, irmão, todo o resumo
De tudo quanto me dizes.

E você me expõe à mente
O que se passa na Terra;
Contínuas calamidades
E os tristes quadros de guerra;

Os acidentes cruéis
No mundo desajustado;
As provações a varejo
E as mortes por atacado;

Ações da vida selvagem
Que o próprio homem celebra;
O machismo e o feminismo
Com vários crimes de quebra;

As procissões dos protestos,
As ambições incontidas;
A revolta anuviando
O clima de muitas vidas;

Os corações desolados,
Ontem crentes, hoje ateus,
Formando grupos rebeldes
A perguntarem por Deus...

O que fazer de melhor
Para o cultivo do bem?
Pensar muito e falar pouco,
Sem desprezar a ninguém.

Mas o melhor do melhor
É caminhar, meu irmão,
Seguindo as lições do Cristo
Na vida e no coração.

Jair Presente

sábado, 2 de junho de 2012

O Segredo da Felicidade

O evangelho de Jesus espalha
Algo que traz a grande solução.

Para encontrar a verdadeira felicidade
É preciso a autotransformação.

Não basta se dirigir à Igreja
E orar com muito fervor.

Não basta ir ao centro espírita
E estudar a vida com muito ardor.

É preciso destruir o homem velho
Que vive ainda conosco.

É Preciso fazer nascer o homem novo
Ensinado por JESUS “o salvador”.

É preciso distribuir gentilezas
E amar de verdade o seu irmão.

É preciso viver não de aparências
Essa é a grande solução!

Para seguir Jesus existe uma fórmula
Que é simples mais exige perseverança.

Amar a Deus sobre todas as coisas
E ao próximo com temperança.

Não basta dizer: “senhor, senhor”
Para entrar no reino dos céus.

É preciso se esforçar com muito amor
Para que o mestre em nós exerça o seu papel.

Reynollds Augusto

sábado, 26 de maio de 2012

UM TRIBUNAL DIFERENTE

Não pense que as leis divinas
São iguais ás leis terrenas
Para alma sem disciplina
Nascer é a maior pena.

A falta de caridade
Pesa igual ao homicídio
E a falta de vontade
É igual ao suicídio.

Não é o que doa mais
Que ganha a libertação
Mas aquele que é capaz
De doar o coração.

Ás vezes, o autor de um crime
É por Deus absolvido
Se o perdão que redime
For na sua vida , sentido.

Às vezes, uma só palavra
Que se deixou de dizer
Torna uma alma escrava
E condena a nascer.

E no céu não há suborno
A própria culpa condena
Vir pra Terra de retorno
Constitui a maior pena.

Imagine um tribunal
Onde o juiz é sereno
E que trata por igual
O maior e o pequeno.

Médium: Lúcia - Espírito: Um amigo Poeta.
Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 19 de maio de 2012

MÃE NATUREZA

CANTA, NATUREZA, CANTA !!!
CANTA COMO OS PASSARINHOS
ESTA CANÇÃO QUE NOS ENCANTA
E NOS TRANSMITE
DIVINOS CARINHOS.

MOSTRA A SUA BELEZA
E TODOS OS REQUINTES SEUS.
VENHA, ÓH MÃE NATUREZA
TRAZER-NOS AS BÊNÇÃOS DE DEUS

QUE AS FLORES DESTA POUSADA
DESABROCHEM EM CADA CORAÇÃO
E QUE AS CORES DESTA MORADA
ALEGREM A VIDA DOS
QUE AQUI ESTÃO.

QUE O NOSSO CRIADOR BENDITO
NOS SUPRA COM A SUA LUZ
E QUE O SEU AMOR INFINITO
NOS AUXILIE A ENCONTRAR JESUS.

CHORA, NATUREZA, CHORA!!
DE ALEGRIA E DE EMOÇÃO
POIS QUE ESTÁ CHEGANDO A HORA
DA HUMANIDADE ABRIR O CORAÇÃO.

VIBRA, NATUREZA, VIBRA!!
AO VER QUE OS HOMENS ESTÃO EVOLUINDO.
DEUS NOS ENVIA ESPÍRITOS
DE FIBRA QUE A AUXILIARÃO,
SEMPRE SORRINDO.

SAIBA, ÓH MÃE NATUREZA
QUE AS CRIANÇAS QUE ESTÃO
NASCENDO,VÊM PRA AMPARÁ-LA,
COM CERTEZA
E VÊ-LA FELIZ, SORRINDO E
CRESCENDO.

ÓH ! MÃE QUERIDA DESTE AMADO
LAR SUA BELEZA IRÁ PREVALECER.
A LUZ DO CRISTO NOS FARÁ MUDAR
E HAVEREMOS DE A FORTALECER.

SUAS FLORESTAS SERÃO BEM CUIDADAS.
AS SUAS ÁGUAS, MAIS CLARAS E PURAS,
AS MÃOS IGNÓBEIS SERÃO AFASTADAS
POR MÃOS FRATERNAS, FORTES E SEGURAS.

AS LEIS TERRENAS SE APROXIMARÃO
BEM MAIS DAS LEIS ETERNAS E DIVINAS.
OS POVOS NÃO MAIS DESTRUIRÃO
AS SUAS FONTES DE ÁGUAS CRISTALINAS.

O BOM SENSO E A EDUCAÇÃO
HÃO DE REINAR EM BREVE, NESTA TERRA.
NÃO MAIS VERÁ, ÓH MÃE, DESTRUIÇÃO !
OS HOMENS NÃO MAIS AMARÃO A GUERRA.

OS ANIMAIS TERÃO O NOSSO RESPEITO
E VIVERÃO EM NOSSA COMPANHIA
NÃO HAVERÁ MAIS NENHUM PRECONCEITO
SEREMOS “UNIÃO E HARMONIA”.

Médium: Roberto Ferreira
Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 5 de maio de 2012

NASCE A ESPERANÇA

Novo dia nasce a esperança
E uma nova luz
Nada se compara
A essa força que conduz
Fé, amor e paz
Para nossa união
Sempre conquistando
O amor do nosso irmão

Novo dia nasce a esperança
Para nossa união
Nada se compara
Ao amor do nosso irmão
Fé, amor e paz
Uma nova luz
Tudo se resume
Na Doutrina de Jesus.

Essa é chave
Da nossa redenção
Fé no coração
E o amor de um Cristão.

Alex Miller e Kleber Augusto
Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 21 de abril de 2012

Coroa de Espinhos

Contam que, após o Dia do calvário
Ao retornar o monte em que Jesus
O Filho Amado, envolto em grande luz
Expirava tranqüilo e solitário.

Maria, na esperança que conduz
De amenizar a dor do seu fadário
Procurava no místico cenário
O que restara D’ELE, além da cruz.

No chão que percorria passo a passo
Eis que vislumbra, num pequeno espaço
Algumas rosas que ninguém colhera...
É que, arrancada à fronte do Senhor

E esquecida no solo abrasador
A coroa de espinho florescera!...

Aura Celeste – Médium: Carlos A Baccelli
Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 14 de abril de 2012

Assistência Fraternal

Deus te compense, alma boa, a ti,
que estendes a mão,
repartindo alegremente
carinho, agasalho e pão.

Deus te envolva em alegria todo esforço
de esquecer a ofensa que se te faça,
buscando a paz por prazer.

Deus te exalte o gesto amigo quando
levantas alguém da tristeza,
do infortúnio para as estradas do bem.

Deus te agradeça o trabalho com que
te esqueces e vais auxiliar e servir
aqueles que sofrem mais.

Por toda bênção que espalhes que
o mundo nem sempre diz
que a Vida te recompense e
Deus te faça feliz.

Maria Dolores

sábado, 31 de março de 2012

Matar-te, Jamais

Busca abrir mão dessa idéia suicida:
Matar o corpo não desfaz a vida,
E, logo mais, sentirás frustração.
Deves saber que Deus, onipotente,
Sempre transforma o caminho da gente,
Se plantamos o amor no coração.

Deixa p'ra trás o impulso de matar-te,
Trabalha, sim, no afã de renovar-te,
E ser feliz na estrada redentora.
De vez que a paz que anelas no caminho
Chega somente bem devagarinho,
Para a alma que dela se fez autora.

Não deves, pois, fugir à própria luta,
Tampouco relegar a tua labuta,
É que se foges, outro assumirá.
Recolhe em Deus o alento que procuras,
Sem mais chorar, mudando as estruturas
Do teu viver que se transformará.

Se estás cansado do mundo terreno,
A tua revolta tornar-se-á veneno,
Que em pequenas doses vão te destruindo.
Evita gastar tempo reclamando,
pois teus problemas vão se avolumando,
Pelas veredas aonde vais seguindo.

Por que morrer usando as próprias mãos,
Se, lado a lado, seguem teus irmãos
Necessitados de ajuda, de apoio?
Doa teu tempo, então, para essa gente,
Ama e verás a vida diferente.
Torna-te trigo em meio a tanto joio.

Há tanta gente a matar-se por nada,
Semeando dores pela própria estrada,
No álcool, no fumo, e em outras várias drogas.
Há quem se mata em pratos abundantes
De graxas, condimentos irritantes,
Usando essa liberdade que advogas.

Há quem se agrida com a irritação,
Que, aos poucos, elabora a corrosão
Dos fartos recursos da existência.
Contempla o verde, a flor ou uma criança,
E nutre em ti as forças da esperança,
Gerando, assim, da paz a própria essência.

Se tens idéias fixas da morte,
Mas se queres fugir dessa má sorte,
Dirige ao Céu sentidas orações.
Morrer somente quando Deus o queira,
Viver no amor, pois é a melhor maneira
De superar no mundo as aflições.

Pelo Espírito de Ivan de Albuquerque

sábado, 24 de março de 2012

Seja Feita a Tua Vontade

Como quer o senhor que a vida corra,
assim a vida corra para mim.
Na solidão, qual galé em masmorra.
Entre amigos, quais flores em jardim.

E, enquanto o seu amor a mim socorra.
Livrando Abel, desfazendo Caim.
Para que brilhe a luz e a sombra morra.
Bendirei seu amor até o fim.

Que me sei pobre alma imperfeita!
Pensa ao vicio, ao ócio ainda afeita.
Vela solta de mar de treva e aflição.
E o amor de Deus é leme nessa nave.
A estrela guia, o zéfiro suave.
Que me conduz e leva a salvação.

Therezinha Oliveira

sábado, 17 de março de 2012

Lembre-se

Se você está triste porque perdeu seu amor,
Lembre-se daquele que não teve
um amor para perder.

Se você se decepcionou com alguma coisa,
Lembre-se daquele que o próprio
nascimento já foi uma decepção.

Se você está cansado de trabalhar,
Lembre-se daquele que, angustiado,
perdeu um emprego.

Se você reclama de uma comida mal feita,
Lembre-se daquele que morre
faminto sem um pedaço de pão.

Se seu sonho foi desfeito,
Lembre-se daquele que vive um
pesadelo constante.

Se anda aborrecido,
Lembre-se daquele que espera
um sorriso seu.

Se você teve:

Um amor para perder,

Um trabalho para cansar,

Um sonho desfeito,

Uma tristeza para sentir,

Uma comida para reclamar...

Lembre-se de agradecer à Deus!

Por que existem muitos
que dariam tudo para estar
no seu lugar.

Autor desconhecido

sábado, 10 de março de 2012

Jesus Guia e Modelo

Jesus veio e é a luz do mundo.
As trevas nunca mais foram vitoriosas.
O orbe se renova a cada dia
E o homem pouco a pouco se transforma.

Veio acabar com a utopia
De uma felicidade sem esforço.
O reino de Deus é uma conquista
Mas precisamos conquistá-lo sem alvoroço.

É uma mudança paulatina e perseverante,
Para substituir o homem velho pelo homem novo.
Resignificar os valores da vida, com discernimento,
Melhorando-se sempre e sempre a cada instante.

Foi um espírito invencível sobre as precárias ilusões.
Era caracterizado pela nobreza e elevação espiritual
Mas ensinou que podemos ser como ele
Mas para isso é preciso perseguir o ideal.

Não adianta esmorecer no caminho
E ser detentor de uma fé falsa e frágil.
É preciso perseverar ate o fim
Para que possas verdadeiramente ser “salvo”.

Não a salvação cheia de ilusão
Pois Deus não criaria os seus filhos para a perdição.
Ele nos criou simples e ignorantes
Rumando constantemente à evolução.
Isso é que é salvação.

Portanto não titubeei se queres ser salvo
Siga o mestre Jesus em todos os seus passos
E terás para sempre um sinal apontando o caminho
Rumo à verdadeira felicidade.
Não tarde!

Reynollds Augusto
Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 3 de março de 2012

NOVO DIA

Abra o seu coração
E deixe brilhar em você
A luz do amor

Que em seu olhar eu possa ver
Um novo dia nascer
No brilho do sol, e nas ondas do mar

No azul anil do céu, gaivotas a voar
No perfume de uma flor
Que acaba de brotar

Sinta em toda parte a vida a lhe chamar
Pra ser feliz então
Abra o seu coração

Fernando Sanglard, Cida Fonseca e Alexandre Lacerda

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Vôo de Luz


Retornastes ao planeta entre alegria.
E a espera de poder servir à vida
Deixavas velha rota ensandecida
Ansioso por fazer florir teus dias.


Hoje, no bem, não mais negligencias
O vero ensino, o mapa da subida
Sem mais temer a agreste e insana lida
E ergues ao Pai o amor que ora irradias.


Voltaste à Terra, amigo agora moço.
Voltaste ao mundo em tempos opressores
Construindo bênçãos pelos trilhos teus.


Junto ao Espiritismo és nobre esboço
De um ser de luz na rota dos condores
Nos altos Céus, a inebriar-se em Deus.


Pelo Espírito de Ivan de Albuquerque

Fonte da imagem: Internet Google.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Vai Morrer do Mesmo Jeito


Muita gente anda dizendo:
- Nem de Longe eu penso em morte
Eu quero é gozar a vida
Ser feliz, ter muita sorte!
Esquece que ao nascimento
Sucede o falecimento
E este é o grande preceito
Pois o corpo envelhecendo
Mesmo o “cabra” maldizendo
Vai morrer do mesmo jeito!


Aqui ninguém é poupado
Sendo rico, ou sendo pobre,
Homem, mulher, branco, negro
A lei a ninguém encobre
Ignorante, cientista,
Analfabeto, artista...
Aqui não há preconceito
Ninguém se ache no cúmulo
De querer fugir do túmulo
Vai morrer do mesmo jeito!


Tem gente tão apegada
Que não quer envelhecer
Quando nasce uma ruguinha
Apressado vai fazer
Uma cirurgia plástica
Sua atitude é tão drástica
É “lipo” esticando o peito
Mas quando a hora é chegada
A máquina dá uma parada
Morre-se do mesmo jeito!


Caboclo que teme a morte
De tanto pensar nos erros
Não faz visita a doente,
Nem a velório ou enterros...
Mas só basta um desarranjo
Pra este sonhar com os anjos
Com os querubins e os eleitos
No seu velório é o assunto:
- Mesmo sem ver um defunto
Se esticou do mesmo jeito.


Agora eu fico olhando
E penso sem nenhum erro:
- Será que vai demorar
O dia do seu enterro?
Quem sabe a hora "malsã"?
Será hoje ou amanhã?
E imaginando direito
Já vejo um cacho de flores
Pois tendo ou não tendo dores
Vai morrer do mesmo Jeito!


Você aí, como vai?
Nunca esqueça neste plano
De que a morte é a certeza
Na existência do ser humano
Faça mais caridade
Aumente a sua bondade
Mude de valor e conceito
Que a vida é uma viagem
Que tendo ou sem ter bagagem
Vai morrer do mesmo jeito!


Merlânio Maia

sábado, 21 de janeiro de 2012

O Amor Sempre Há de Vencer


Quando a dor te alcançar
E o teu peito se encharcar
Te fazendo esmorecer
Olha as estrelas e vai
Lembra-te do eterno Pai
O amor sempre há de vencer.


Se a saúde te falta
Se a dor moral de assalta
E a sombra te envolver
Te entrega em vibrante prece
Pois Deus jamais te esquece
O amor sempre há de vencer.


Se alguém te ferir a alma
Perdoa, segue e te acalma
Não te permitas descer
Segue sem olhar para trás
Servindo andarás em paz
O amor sempre há de vencer.


Mesmo na treva mais densa
Aumenta mais tua crença
Faz a luz da fé arder
Vê que após a tempestade
Há mais fartura e bondade
O amor sempre há de vencer.


No mais terrível degredo
Permanece sem ter medo
Há sempre um alvorecer
Se a dor te joga na cama
Escuta o Pai que te ama
O amor sempre há de vencer.


Se te sentes fraquejar
Ora e espera o Sol raiar
Ilumina mais o teu ser
Nada temas, segue adiante
Qual fonte tonificante
O amor sempre há de vencer


Se ao norte há perseguição
Ao sul há desilusão
No leste o abismo crescer
Se a Oeste vem o assalto
O amparo virá do alto
O amor sempre há de vencer.


És herdeiro do universo
Um nobre ainda disperso
Buscando se conhecer
Filho do eterno reinado
E com Deus sempre ao teu lado
O amor sempre há de vencer.


Poema de Merlânio Maia

sábado, 14 de janeiro de 2012

Anseio de Amor


Quando me vi, depois da morte
E reclamei contra a fogueira
Em sublime transporte.
Que me havia calcinado a vida inteira
Pela sede de Amor...




Quando aleguei que fora, em toda a estrada.
Folha ao vento.
Andorinha esmagada
Sob o trator do sofrimento.


Quando exaltei a minha dor
Mágoa de quem amará sempre em vão
Farta de incompreensão...


Alguém chegou junto de mim
E disse assim
Tão cansada e infeliz
Que noticias me dá do vale fundo


De provação.
Onde a criatura de tanto padecer
Não consegue saber.
Se sofre ou não?
Você, que diz a seio morto


Que me pode falar
Dos meninos sem pão e sem conforto
Das mulheres sem lar
Dos enfermos sozinhos
Que a febre e a dor


Esmagam nos caminhos.
Sem sequer um lençol
Ou a benção de uma prece.
Dando graças a Deus
quando a morte aparece?




Você, Maria Dolores
Que afirma ter amado tanto
E que deve ter visto
O sacrifício e o pranto
De quem Clama por Cristo.


Suplicando o carinho que não tem
Que me pode contar daquelas outras dores
Daquelas outras aflições


Dos que choram trancados
Em manicômios e prisões.
Buscando amor, pedindo amor
Exaustos de tristeza e amargura


Como feras na grade
morrendo de secura
De solidão, de angustia
E de saudades.




Bem - querer!... Bem - querer!...
Ai de mim, que nada pude responder!
Que tortura, meu Deus a verdade, no Além!


Calei-me, envergonhada...
Eu apenas queria ser amada
nunca amara ninguém...


Maria Dolores