Este é um blog de arquivo

ESTE BLOG É UM ARQUIVO DE POESIAS DO BLOG CARLOS ESPÍRITA - Visite: http://carlosespirita.blogspot.com/ Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.



sábado, 26 de maio de 2012

UM TRIBUNAL DIFERENTE

Não pense que as leis divinas
São iguais ás leis terrenas
Para alma sem disciplina
Nascer é a maior pena.

A falta de caridade
Pesa igual ao homicídio
E a falta de vontade
É igual ao suicídio.

Não é o que doa mais
Que ganha a libertação
Mas aquele que é capaz
De doar o coração.

Ás vezes, o autor de um crime
É por Deus absolvido
Se o perdão que redime
For na sua vida , sentido.

Às vezes, uma só palavra
Que se deixou de dizer
Torna uma alma escrava
E condena a nascer.

E no céu não há suborno
A própria culpa condena
Vir pra Terra de retorno
Constitui a maior pena.

Imagine um tribunal
Onde o juiz é sereno
E que trata por igual
O maior e o pequeno.

Médium: Lúcia - Espírito: Um amigo Poeta.
Fonte da imagem: Internet Google.

Um comentário:

  1. Olá,
    O perdão que redime...
    Perfeito!!!
    A alegria volta pra nós...
    Abraços fraternos de paz

    ResponderExcluir